Afinal, qual é o seu negócio?

No DICAS DE GESTÃO da semana passada falamos sobre Modelo de Negócios, como pode ser estruturado e procuramos esclarecer uma confusão frequente que muitos fazem entre plano e modelo de negócios.

Para essa semana prometi retornar ao assunto aprofundando alguns pontos mais importantes.

Antes de começar a desenvolver o seu modelo de negócios é fundamental responder aquela perguntinha básica que enunciamos na hora de elaborar as declarações corporativas da empresa no início do processo de planejamento estratégico. Qual é o seu negócio?

Aquela mesma reflexão estimulada por Theodore Levitt no consagrado artigo Miopia em Marketing.

dg

No artigo, se ainda não leu recomendo a leitura, Levitt diz que a empresa deve agir em torno da necessidade do cliente ao invés de se definir por aquilo que fabrica. Ou seja, a empresa deveria definir o seu negócio a partir da perspectiva do cliente e não a partir de uma visão interna. Em outras palavras a empresa deve perguntar o que o cliente de fato está buscando, o que ele espera receber e não o que a empresa acha que está vendendo.

A definição do negócio de uma empresa envolve a definição de quais produtos e serviços a mesma pretende fornecer, para quais mercados e quais clientes a fim de atender  necessidades previamente identificadas. Definir o negócio é nada mais do  que explicitar o âmbito de atuação da empresa.

A definição do negócio trata do ramo de atividades no qual a empresa atua. Portanto sintetiza os benefícios que ela procura proporcionar para seus clientes. Considera não só o que faz, mas é considerado, também, o espaço que pretende ocupar no mercado (demandas ambientais) e na mente do cliente. É definido pelos desejos ou necessidades satisfeitos pela empresa.

Para um bom enunciado do negócio você, juntamente com a sua equipe, devem fazer um exercício de abstração, sair do dia a dia e procurar responder as seguintes perguntas:

  • Que desejos/necessidades/expectativas atendemos?
  • Que desejos/necessidades/expectativas poderíamos atender?
  • Desejos/necessidades/expectativas de quem?
  • Com que negócios?
  • Através de que canais e em que regiões?

Com essas reflexões você poderá enunciar uma boa definição de negócio que vai auxiliá-lo na definição da visão de futuro, da missão e dos valores.

Posteriormente, as reflexões aqui realizadas, serão úteis também no desenho do seu modelo de negócios.

Na próxima semana continuaremos abordando o tema Modelo de Negócios. Vamos falar sobre como desenvolver um modelo de negócios transformador mostrando de que forma funciona e apresentando algumas características que podem tornar o seu modelo de negócios bem-sucedido.

Espero que tenha gostado da leitura! Se gostou, compartilhe com seus amigos.

Até a próxima semana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s