Gerenciando o desempenho por meio de indicadores

Nesses momentos mais turbulentos da economia a gestão do desempenho assume um papel preponderante para a empresa analisar resultados criticamente e, consequentemente, alcançar uma performance superior.

E não é para menos afinal assegurar a melhoria contínua de resultados econômico-financeiros, operacionais, de satisfação de clientes e do mercado, relativos a fornecedores, de produtos/serviços, relativos à sociedade e aos colaboradores, por meio do desenvolvimento das melhores práticas de gestão, vem sendo um dos maiores obstáculos para as empresas, independente do tamanho, setor de atuação ou mesmo tempo no mercado.

Mais do que ter processos padronizados e dados centralizados em sistemas integrados de gestão sofisticados, o verdadeiro desafio está em internalizar na cultura empresarial, crenças e valores compartilhados pelos membros da empresa, o hábito de utilizar os dados coletados em favor do negócio, transformando informações em conhecimento e consequentemente em inteligência empresarial.

Business concept: computer keyboard with Growth Graph icon and word Business Intelligence on enter button background, 3d render

São, portanto, necessárias métricas para que seja definido o que medir e como medir. Essas métricas irão compor os chamados KPIs, Key Performance Indicators, que significam indicadores-chave de desempenho ou simplesmente indicadores de desempenho.

Esses indicadores cuidadosamente apurados irão subsidiar as chamadas reuniões críticas de desempenho. Recomenda-se que a empresa realize uma reunião mensal, com cerca de quatro horas de duração, exclusivamente para analisar esses resultados identificando suas tendências e buscando identificar ações que possam permitir melhorar o desempenho.

Se bem escolhidos é possível com duas, no máximo três dezenas de indicadores, monitorar o desempenho global da empresa ao menos do ponto de vista estratégico.

O monitoramento constante do desempenho aprimorado através de vários ciclos de gestão do desempenho vai tornar a organização orientada para resultados que é aquela que apresenta uma integração robusta dos sistemas empresariais em torno de especificações de resultados.

É importante atentar para que nenhuma das dimensões de resultados anteriormente mencionadas fique de fora das medições.

Dessa maneira você estará garantindo a completa gestão dos resultados globais da companhia.

Claro que para apurar se o resultado alcançou ou não o esperado é fundamental confrontá-los com metas previamente estabelecidas.

Bem mas como estabelecer metas é assunto para um próximo “Dicas de Gestão”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s