Importância dos pilares ESG na estratégia empresarial

Com a crescente conscientização da sociedade e aumento da demanda por ações de sustentabilidade por parte dos consumidores, a adoção de práticas ambientais, sociais e de governança se torna a cada dia mais importante para as empresas. A sociedade espera e valoriza cada vez mais empresas conscientes e que se desenvolvam no presente e se preparem para um futuro que promete ser desafiador do ponto de vista das práticas de ESG.

Como resposta a essa maior conscientização da sociedade as empresas têm trabalhado arduamente para melhorar a sua imagem junto aos consumidores em todo o mundo. Uma parte significativa desse esforço se concentra em desenvolver declarações, planos sustentáveis e ações para mitigar os impactos a grupos excluídos e ao meio ambiente.

O ESG ganhou notoriedade desde que apareceu pela primeira vez por volta de 2005 como resultado de uma iniciativa da ONU. As políticas, práticas e compromissos corporativos de ESG capturaram o interesse das pessoas e consequentemente do mundo corporativo, pois os compradores não estão mais procurando contratar o fornecedor apenas mais barato, mas agora procuram o fornecedor que cause menos impacto no entorno, tem posições mais clara sobre justiça social e antidiscriminação, e se comprometem a continuar aprimorando os seus esforços em prol de um mundo melhor e mais justo.

Além disso, os investimentos corporativos também são cada vez mais orientados pelos pilares ESG.

Para desenvolver estratégias ESG as empresas devem cada vez mais, incorporar algumas ideias fundamentais, entre elas:

– Inserir a preocupação com a sustentabilidade no seu propósito e nas suas declarações corporativas.

– Compreender a natureza do seu modelo de negócio bem como o impacto do mesmo no mundo.

– Definir objetivos e metas alinhados as diretrizes da ONU.

– Envolver todos os executivos no desenvolvimento de estratégias alinhadas com as boas práticas ESG;

– Ter uma visão clara da diversidade no perfil dos colaboradores da empresa;

– Formar equipes de profissionais aptos para enfrentar o desafio da sustentabilidade.

Como mencionado anteriormente o primeiro passo é alinhar o propósito e as declarações corporativas com os princípios de sustentabilidade. Em seguida é fundamental compreender a natureza do negócio em relação ao seu impacto no ambiente e na sociedade. Atualmente, algumas empresas já despertaram para a importância de ter um impacto positivo e o fazem por meio de seus modelos de negócios. Essas empresas podem ser bancos de concessão de crédito para comunidades carentes, reflorestamentos ou outras que trabalhem na ligação entre a comunidade e consumidores nos grandes centros urbanos. Em seguida é importante realizar um diagnóstico para avaliar em que medida a diversidade de colaboradores está presente nas equipes e é contemplada no processo de recrutamento, seleção e contratação. Além disso é importante envolver a liderança para adotar premissas de sustentabilidade no processo de realinhamento da estratégia definindo objetivos e metas claras em que a sustentabilidade é considerada. Por fim e não menos importante é fundamental desenvolver equipes que internalizem a importância da adoção de boas práticas de sustentabilidade por toda a empresa. Mais importante do que ter boas práticas é necessário que elas estejam disseminadas por todas as unidades da empresa bem como junto a seus fornecedores e parceiros.

Caberá a alta direção da empresa conduzir o monitoramento dos indicadores e alcance das metas ESG nas reuniões de análise crítica do desempenho. Sem uma liderança proativa, as empresas não podem esperar causar o impacto de que precisamos em todos os setores. Executivos com visão de futuro devem se concentrar na sustentabilidade e tomar decisões para o bem maior se quiserem ver resultados sólidos de suas decisões estratégicas de negócios. Uma forte proposta ESG ajuda a empresa a explorar novos mercados e expandir os seus negócios para os existentes.

Como exemplo de empresa que alinha os pilares do ESG com a estratégia empresarial podemos citar o caso da Boeing.

A Companhia declara que está comprometida em proteger, conectar e explorar o mundo com segurança e sustentabilidade. A sustentabilidade está enraizada nos valores da empresa e nas expectativas dos seus stakeholders, bem como na elaboração da estratégia que inclui o foco na gestão ambiental, progresso, inclusão social e governança baseados na transparência. Isso fica claro no Relatório de Sustentabilidade da Companhia que fornece uma visão abrangente dos esforços de sustentabilidade da Boeing.

A empresa declara ainda que está comprometida em desenvolver parcerias para descarbonizar o setor aeroespacial até 2050. Claro que esse futuro projetado requer um conjunto de soluções que terá que envolver necessariamente diversas partes interessadas.

Como exemplo de boas práticas podemos mencionar ainda que a Empresa é pioneira no desenvolvimento de tecnologias inovadoras e soluções para assegurar que o setor aeroespacial seja sustentável para as futuras gerações.

A Boeing entende que a sustentabilidade é parte integrante do seu modelo de negócio agora e no futuro. Por isso a Empresa busca tornar os seus processos e ações transparentes, ao mesmo tempo em que integra a sustentabilidade na empresa e na indústria aeroespacial. Tudo isso alinhado com a missão, a visão e os valores da Companhia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s