Gerenciando processos do negócio

No DICAS DE GESTÃO de hoje vamos tratar do gerenciamento de processos do negócio também conhecido como business process management ou simplesmente BPM.

Mas antes vamos relembrar o que é um processo ou processo de negócio.

Um processo de negócio pode ser definido como sendo uma sequência de etapas executadas para atingir um objetivo específico. Um processo de negócios é uma coleção de tarefas executadas, numa determinada sequência, que tem como finalidade entregar de um serviço ou produto a um cliente.

O gerenciamento de processos de negócios (BPM) é a metodologia que permite aprimorar um processo de negócios do início ao fim, modelando como ele funciona em diferentes cenários, também chamado de mapeamento do processo, analisando-o, identificando lacunas, executando melhorias, implementando o processo redesenhado, monitorando o processo redesenhado, aprimorado e otimizando-o continuamente.

Em outras palavras o gerenciamento de processos de negócios é uma disciplina que usa vários métodos para identificar, modelar, analisar, medir, melhorar e otimizar processos de negócios. Um processo de negócios coordena o comportamento de pessoas, sistemas, informações e todos os aspectos para produzir resultados de negócios em apoio a uma estratégia de negócios.

O projeto e a definição do processo incluem a descrição do que deve ser feito e como deve ser realizado. Após a definição de um processo, ele deve ser documentado por meio de um diagrama interfuncional.

O gerenciamento de processos inclui em termos de escopo (1) projeto ou engenharia de processos, que é o desenvolvimento de novos processos; (2) definição do processo, que requer a descrição dos processos existentes; (3) documentação dos processos; (4) análise e controle de processos; e (5) melhoria do processo.

Existem muitas ferramentas de análise de processos, incluindo diagramas de causa e efeito, controle estatístico de processos e análises de tendências. A melhoria do processo pode resultar de uma melhoria gradual e contínua ou de uma reinvenção também chamada de reengenharia do processo.

Ao gerenciar qualquer organização, é imperativo entender por que o gerenciamento de processos é importante. Mais do que desenhar fluxos de trabalho contínuos, ele permite que todos os aspectos das operações de negócios sejam executados da forma ideal.

Com processos de negócios implementados sistematicamente, a organização reduz o tempo perdido em tarefas repetitivas e minimiza erros devido à ineficiência humana. Também evita a perda de dados, redundância e retrabalho em um processo. Além disso, assegura que os recursos sejam usados ​​adequadamente para que a empresa se torne mais eficiente.

Além de melhorar as operações de negócios, o gerenciamento de processos também alinha seus processos com a estratégia organizacional e com as necessidades dos clientes. Isso aumenta a satisfação do cliente e leva a melhores resultados financeiros.

O BPM permite que as organizações alinhem as funções de negócios com as necessidades dos clientes e ajuda os executivos a determinar como implantar, monitorar e medir os recursos da empresa. Quando executado corretamente, o BPM tem a capacidade de aumentar a eficiência e a produtividade, reduzir custos e minimizar erros e riscos – otimizando assim os resultados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s