Dimensões da estratégia competitiva

Estratégia Competitiva pode ser conceituada como sendo um planejamento de longo prazo de uma determinada empresa para conquistar e manter vantagem competitiva sobre seus concorrentes no segmento de atuação. Tem como objetivo desenvolver uma posição defensiva em uma indústria/setor e gerar um ROI (Return on Investment) superior. A estratégia competitiva desempenha um papel muito importante sobretudo quando a indústria é muito competitiva e os consumidores têm a sua disposição produtos similares.

O livro de Michael Porter, Competitive Strategy publicado em 1980, serviu de base para o desenvolvimento de grande parte da estratégia aplicada aos negócios. Nele, Porter apresenta diferentes dimensões pelos quais as empresas desenvolvem nichos dentro de qualquer segmento de atuação.

As estratégias adotadas pelas empresas para competir em um determinado segmento podem ser diferenciadas de diversas formas.

Existem muitas dimensões diferentes da estratégia competitiva de uma empresa dentro de um setor que captam as diferenças possíveis entre as opções estratégicas, entre elas:

. Especialização: a empresa tem uma linha limitada ou segmenta os clientes-alvo e os mercados geográficos atendidos.

. Identificação da marca: a empresa constrói sua marca e a posiciona por meio de publicidade, força de vendas, ou compete basicamente por preço ou outras variáveis.

. Política de canal: a empresa desenvolve sua marca com o consumidor final ou através de um canal de distribuição.

. Seleção de canal: a empresa usa pontos de venda especializados ou pontos de venda de linha ampla que distribuem diversas outras linhas de produtos.

. Qualidade do produto: a empresa enfatiza a qualidade dos seus produtos em termos de matérias primas, tolerâncias baixas e características especiais diferenciadoras.

. Liderança tecnológica: a empresa procura a liderança tecnológica ou adota uma posição imitativa em relação aos concorrentes.

. Integração vertical: a empresa integra para frente ou para trás.

. Posição de custo: a empresa busca ser o fabricante e/ou distribuidor de baixo custo.

. Serviço: o grau em que a empresa proporciona serviços agregados com a sua linha de produtos como assistência técnica, uma rede própria de atendimento, linhas de crédito entre outros.

. Política de preço: a empresa define a sua posição relativa de preço no mercado.

. Alavancagem: a empresa tem alavancagem financeira e ou operacional.

. Relacionamento com a matriz: a empresa é uma unidade de um conglomerado diversificado, parte de uma cadeia vertical, etc.

. Relacionamento com o governo local ou anfitrião em países estrangeiros: a empresas recebe assistência do governo ou estará sujeita a várias normas e regulamentos.

De acordo com Porter cada uma destas dimensões estratégicas pode ser analisada para uma empresa com diferentes graus de detalhamento e novas dimensões podem ser acrescentadas para refinar a análise. O fundamental, segundo ele, é que estas dimensões forneçam um quadro global da posição da empresa.

É importante observar que as dimensões estratégicas estão relacionadas entre si na medida em que geralmente decisões relativas a uma das dimensões pode impactar as demais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s