Estabelecendo a postura estratégica da empresa

A postura estratégica de uma empresa é estabelecida pela escolha consciente de uma alternativa de ação viável para desempenhar a missão empresarial. Tem como finalidade orientar o estabelecimento de políticas e estratégias de médios e longos prazos para a empresa a partir da missão enunciada.

Postura estratégica é, portanto, uma escolha adotada pelos executivos da empresa ao alinharem  os pontos fortes de um negócio às necessidades atuais e de longo prazo do mercado.

A postura estratégica ajuda a empresa a escolher e moldar suas estratégias.

A formulação de uma postura estratégica faz parte de um processo mais amplo de planejamento estratégico, quando os executivos colaboram para enunciar a visão de futuro, os objetivos, as metas e as estratégias para um negócio no futuro. Conhecendo a natureza de uma postura estratégica, é possível liderar a empresa com mais eficácia, eficiência e efetividade.

O estabelecimento da postura estratégica é determinado por três fatores:

  • a missão da empresa
  • a relação entre oportunidades e ameaças
  • a relação entre pontos fortes e fracos

As empresas geralmente escolhem uma entre quatro posturas estratégicas possíveis: sobrevivência, manutenção, crescimento e desenvolvimento.

Quando predominam ameaças e fraquezas o opção é adotar uma postura estratégica de sobrevivência.

Quando predominam ameaças e forças o opção mais indicada é adotar uma postura estratégica de manutenção.

Quando predominam oportunidades e fraquezas o opção é adotar uma postura estratégica de crescimento.

Finalmente quando há predominacia de oportunidades e forças a opção mais indicada é adotar uma postura estratégica de desenvolvimento.

Um questionamento que invariavelmente surge nas minhas aulas e palestras sobre o tema, assim que termino de apresentar o modelo é: como avaliar a prevalência de forças, fraquezas, oportunidades ou ameaças?

A primeira coisa que geralmente digo é que não se trata de uma simples soma matemática de quantidades de fatores.

Uma alternativa pode ser estabelecer pesos para cada um dos fatores usando, por exemplo, uma matriz de priorização para avaliar e poderar a prevalência dos fatores mencionados em oportunidades, ameaças, forças e fraquezas.

Outra opção que julgo mais simples é utilizar a GUT

Já ouviu falar da GUT?

A Matriz GUT é uma metodologia que nos auxilia na priorização de fatores para a solução de um determinado problema. A análise GUT é muito utilizada nas situações em que é preciso uma orientação para tomar decisões complexas e que exigem a análise de várias situações. Com ela é possível classificar cada problema/fator de acordo com a Gravidade, Urgência e Tendência, daí a origem da sigla GUT.

Oportunamente voltarei a falar da Matriz GUT.

Com relação a postura estratégica existe ainda uma outra abordagem ligeiramente diferente que apresenta três posturas estratégicas possíveis ao invés das quatro que mencionei anteriormente. Uma é moldar o futuro, tornando-se líder no segmento influenciando a direção de todo o setor. Outra é se adaptar, reagindo às mudanças do segmento sem tentar provocá-la ou liderá-las. A terceira é o que se poderia chamar de  “reservar o direito de disputar”. Isso é para empresas cautelosas que desejam permanecer no negócio sem se comprometer no curto prazo com um caminho em particular.

Mas esse enfoque será objeto de um outro DICAS DE GESTÃO.

Até lá!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s