Diagnosticando a capacidade estratégica com a cadeia de valor e a rede de valor

Para desenvolver uma estratégia é fundamental que a empresa realize, entre outros, um diagnóstico da sua capacidade estratégica.

Capacidade estratégica nada mais é do que o conjunto de recursos e competências necessárias para que uma empresa se desenvolva, ou seja, para que ela alcance e sustente uma vantagem competitiva.

Pode-se realizar o diagnóstico da capacidade estratégica de uma companhia com a utilização de duas principais ferramentas: a cadeia de valor e a rede de valor.

A Cadeia de Valor, já abordada anteriormente no Dicas de Gestão, explicita o conjunto de atividades no interior e no entorno de uma empresa que integradas desenvolvem um produto ou serviço. Compreende atividades primárias e atividades de apoio conforme ilustrado na Figura 1.

Já Rede de Valor é um conceito mais amplo e contempla o conjunto de elos interorganizacionais e de relacionamentos fundamentais para o desenvolvimento de um produto ou um serviço.

O modelo da rede de valor, que pode ser observado na Figura 2, foi desenvolvido por Brandenburger e Nalebuff e publicado em 1996 no livro Co-Opetition.

O Modelo nos auxilia a identificar os atores-chave e a compreender o seu comportamento. Isso permite a tomada de decisões estratégicas mais bem fundamentadas com base em informações.

A rede de valor é composta pela empresa, clientes, fornecedores, competidores e complementors que eu traduzi como “complementadores”.

. Clientes – as pessoas que adquirem produto ou serviço.

. Fornecedores – fornecem à empresa os recursos necessários para fabricar um produto/serviço.

. Competidores – participam do mercado-alvo ofertando um produto ou serviço similar.

. Complementadores – demais atores que fornecem um produto ou serviço que pode ser agregado/adicionado ao da empresa para tornar as duas ofertas mais atraentes para seus clientes.

O diagnóstico da capacidade estratégica de uma empresa pode ser realizado a partir da análise da cadeia de valor e da rede de valor para que se possa compreender de que forma o valor para o cliente é gerado e desenvolvido. Quanto maior a capacidade de gerar valor para o cliente maior será a capacidade estratégica da empresa.Adicionalmente por meio de um estudo de benchmarking é possível também compreender o desempenho relativo das empresas e testar as premissas gerenciais sobre os fatores que determinam o desempenho empresarial.Finalmente, pode-se agregar a análise da cadeia e da rede de valor e ao estudo de benchmarking a análise SWOT, que pode ser útil no diagnóstico da capacidade estratégica na medida em que possibilita uma compreensão abrangente de ameaças, oportunidades, pontos fortes e fracos que desafiam uma empresa na busca por um desempenho superior e na obtenção de vantagem competitiva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s