Estratégias empresariais genéricas segundo Mintzberg

Como foram de férias?

Feliz 2021 a todos!

Retornamos esse mês com publicações inéditas.

No DG de hoje vamos tratar das estratégias empresariais genéricas abordadas por Mintzberg.

Entre as diversas contribuições de Henry Mntzberg para o pensamento estratégico, uma das mais interessantes é a do artigo Generic Strategies: Toward a Compreensive Framework publicada originalmente em Advances in Strategic Management, Vol. 5 (Greenwich, IT:JAI Press, 1988), p.1-67.

O artigo aborda as estratégias empresariais genéricas denominadas: estratégias de cadeia integrada, estratégias de diversificação, estratégias de entrada e controle, estratégias combinadas de integração e diversificação e estratégias de retirada conforme pode-se observar na Figura 1.

Nas estratégias de cadeia integrada as organizações podem estender suas cadeias de operações a montante ou a jusante incorporando em suas operações, as atividades de seus clientes na extremidade da entrega ou a dos seus fornecedores na extremidade do recebimento.

As estratégias de diversificação referem-se à entrada em algum negócio que não faz parte da  mesma cadeia de operações da empresa. Pode estar relacionado a alguma competência ou recurso distinto da essência do negócio (diversificação concêntrica); de outro modo  é referida como diversificação não relacionada ou diversificação conglomerada.

Nas estratégias de entrada e controle a integração em cadeia, ou diversificação da cadeia, pode ser alcançada por intermédio do desenvolvimento interno ou aquisição. Em outras palavras, uma organização pode entrar em um novo negócio desenvolvendo-o ou adquirindo uma organização já em operação. Tanto o desenvolvimento interno quanto a aquisição envolvem propriedade total e controle formal do negócio diversificado.

Nas estratégias combinadas de integração e diversificação muitas vezes as organizações são levadas a redes inteiras de novos negócios diversificando o portfólio de produtos e serviços.

Finalmente as estratégias de retirada que revertem todas as de diversificação: as organizações reduzem os negócios em que estão. Às vezes, as organizações encolhem suas atividades, cancelam licenças de longo prazo, deixando de vender subprodutos, reduzindo suas redes. Em outras situações abandonam ou liquidam seus negócios, ou então os alienam.

Tranquilo?

Até o próximo DICAS DE GESTÃO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s