Automação robótica de processos

A Automação Robótica de Processos, Robotic Process Automation, RPA, pode ser explicada, de maneira simples, como sendo o emprego de robôs de software, para automatizar atividades  rotineiras e, portanto, repetitivas geralmente executadas pelos colaboradores de uma empresa.

Em outras palavras o RPA é uma aplicação de tecnologia, regida por lógica de negócios com entradas estruturadas, que objetiva automatizar processos de negócio. Utilizando ferramentas RPA, uma empresa pode configurar um software, ou um “robô”, para capturar e interpretar aplicativos com a finalidade de processar uma transação, tratar dados, disparar respostas e se comunicar com outros sistemas digitais. As aplicações do RPA variam de atividades bem simples como gerar uma resposta automática a um e-mail até a implantação de milhares de bots, cada um programado para automatizar trabalhos em um sistema.

A implementação do RPA demanda intervenção humana a fim de definir as tarefas que podem ser automatizadas e se mudanças em processos são necessárias para a automação. Utiliza-se então ferramentas de RPA que tratam de dados estruturados e são user-interface-based, ou seja, não requerem programação. Ferramentas de RPA podem processar elevados volumes de atividades baseadas em regras incluindo cálculos, consultas, manutenção de registros e transações diversas.

Automatizar atividades repetitivas poupa tempo e, portanto economiza recursos. Os bots de automação de processos robóticos ampliam o valor de uma plataforma de automação, pois executam atividades de forma mais rápida, possibilitando que os colaboradores se dediquem a realizar trabalhos com maior valor agregado.

De acordo com artigo postado pela Data Science Academy, datascienceacandemy.com.br, acessado em 09/11/2020, são sete as funcionalidades geralmente encontradas em softwares de RPA. Essas funcionalidades estão ilustradas na Figura 1.

. Fluxos de trabalho de arrastar e soltar (Drag and Drop) – As ferramentas de RPA permitem que os usuários desenvolvam fluxos de trabalho visualmente com editores visuais de arrastar e soltar. Não é necessário codificar ações para os bots executarem. Isso facilita o trabalho para os profissionais que não possuem perfil técnico. Em vez disso, eles podem desenvolver  visualizações semelhantes a fluxogramas que descrevem cada etapa de um processo que será eventualmente executado por um bot.

. Gravação de fluxo de trabalho – Como as ferramentas RPA ajudam a simplificar a criação de processos, possibilita que os usuários gravem a si mesmos executando tarefas manuais. Os bots RPA podem simular as ações executadas pelo usuário e executar as tarefas repetitivas geralmente desempenhadas por um colaborador.

. Modelos pré-construídos – Para facilitar o trabalho dos desenvolvedores e administradores de RPA, muitas ferramentas oferecem modelos de fluxo de trabalho pré-construídos para que os usuários possam desenvolver processos rápidos e eficientes para os bots. Esses modelos fazem parte do ambiente de “arrastar e soltar” e gravação de fluxo de trabalho para assegurar a simplicidade para os usuários.

. Visão computacional e processamento de linguagem natural – Cada vez mais fornecedores de RPA possuem recursos de inteligência artificial e aprendizado de máquina incorporados em suas ferramentas. Esses recursos podem contemplar visão computacional ou processamento de linguagem natural. Isso assegura que o bot esteja compreendendo as palavras e os ícones que ele vê durante as gravações do fluxo de trabalho e possa executar processos de forma precisa.

. Integrações com aplicativos de negócios – As empresas geralmente implementam ferramentas de RPA para executar atividades dentro de outros tipos de aplicativos de negócios, incluindo CRMs, sistemas de ERP e software de contabilidade, entre outros. A capacidade de integrar e trabalhar em conjunto com esses sistemas é um recurso importante para o RPA.

. Programação de bots – Ser capaz de programar antecipadamente implantações de bot é uma característica essencial do RPA. Os usuários podem definir quando um determinado processo precisa ocorrer com base no tempo de um evento, ou uma ação humana pode acionar o bot para conduzir o referido processo.

. Análise de desempenho de bot – não apenas a implantação e o agendamento de bots são importantes, mas a capacidade de rastrear o desempenho de bots é um aspecto crítico dos RPAs. Muitas soluções de RPA oferecem análises e painéis para garantir que os bots estejam conduzindo os processos de maneira adequada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s